Prótese de Mama Prótese de Mama

Atualmente, a cirurgia de inclusão de próteses de mama é a segunda cirurgia mais frequente no Brasil, logo atrás da lipoaspiração.

A hipomastia, como é chamada a "mama pequena", apresentar-se normalmente após a adolescência, em decorrência de um regime severo ou de uma gravidez (involução mamária pós-gravídica). Normalmente nesses casos, a hipomastia vem acompanhada de flacidez na região.

As próteses podem ser colocadas por 3 vias, no sulco infra-mamário, peri-areolar e axilar. Na infra-mamária, a cicatriz fica logo abaixo da mama, escondida na marquinha do sutiã. A cicatriz peri-areolar, como o nome já diz, fica em volta da aréola. E a axilar, nas axilas! Em todas as vias, a cicatriz tem aproximadamente 4 cm.

Quando ocorre flacidez de pele, com acontece após a gravidez, também é necessário retirar o excesso de pele mesmo com a inclusão da prótese. Aí a cicatriz é variável de acordo com a quantidade de pele a ser retirada mas normalmente fica como um "T" invertido.

É muito importante que os implantes sejam de marcas consagradas no mercado e que sigam os padrões exigidos atualmente. A garantia da prótese deve sempre ser entregue à paciente pois assim ela terá, além das informações de procedência, as especificações do volume, formato e referência.

Assim como todas as cirurgias plásticas, aqui também é necessário o uso do sutiã compressivo e as sessões de drenagem linfática.

 

 

Copyright © 2012 Dra. Eliane Hwang. Todos direitos reservados.
Site produzido por: RKA design